Tutorial para criar um relatório no Minisap

No MINISAP, digite no campo de comando a seguinte transação SE38 e aperte (enter).

A tela do editor Abap será exibida:

Iremos criar um novo programa de exemplo, portanto devemos sugerir um nome para o nosso relatório.

Obs: A grande maioria dos nomes de objetos criados pelo programador Abap dentro do SAP deve começar com as letras ‘X’ ou ‘Y’. Portanto, estas letras são reservadas para que sejam utilizadas na criação de novos objetos. Vamos colocar o nome “ZHELLO” e clicar no botão “Criar”. Lembrando que na opção “Subobjetos” deve estar marcada como “Texto Fonte”.

Após, devemos preencher conforme abaixo:

Depois vamos clicar no botão “Gravar” e na tela seguinte em objeto local.

A próxima tela é a tela do EDITOR ABAP onde existe uma parte comentada e o nome do relatório que é obrigatório para execução do programa.

Os comentários em Abap podem ser criados através de “*(Asteriscos)” na primeira linha ou “”(Aspas)” em qualquer ponto do programa.

O que vamos fazer é selecionar todos os dados da tabela de exemplo do MINISAP (SPFLI) que armazena os dados de vôo de uma empresa aérea fictícia e exibir os registros na tela.

Primeiramente devemos criar uma tabela interna para armazenar os registros selecionados; para istos vamos fazer a declaração da mesma após o nome do relatório:

DATA: IT_SPFLI TYPE TABLE OF spfli WITH HEADER LINE.

Depois da declaração da tabela interna, devemo fazer a consulta para preencher nosssa tabela:

SELECT * FROM SPFLI INTO TABLE IT_SPFLI.

E por último devemos exibir os dados que estão armazenados em nossa tabela interna, utilizando um loop na mesma e exibindo os registros através do comando WRITE.

Vejam abaixo a saída:

Espero que este pequeno tutorial ajude vocês!

Lembro que na primeira vez que abri o MINISAP fiquei sem saber o que fazer…hehehe.

Abraços,

Fonte: http://marceloabap.wordpress.com

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. PETER

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: